Publicado em 29/07/2016 às 17h50.

‘MP e PF têm que provar’, diz Lula após virar réu

Ex-presidente e outras seis pessoas são acusados pelo Ministério Público de tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró

Redação
(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

 

Réu na Operação Lava Jato por tentar, conforme a acusação, obstruir a Justiça, o ex-presidente Lula afirmou nesta sexta-feira (29) que cabe ao Ministério Público e à Polícia Federal provarem as acusações contra ele.

“Eu não ia tocar no assunto, mas eu já cansei. Eu não tenho que provar que eu tenho apartamento. Quem tem que provar é a imprensa que acusou, o Ministério Público que falou que eu tenho, a Policia Federal que diz que eu tenho”, declarou o petista, em discurso no Seminário Nacional do Sistema Financeiro e Sociedade, na Zona Norte de São Paulo.

Lula ainda acrescentou que “eles é que têm que apresentar documento de compra, pagamento de prestação, algum contrato assinado”. “Porque, se eu não tiver, em algum momento eles é que terão que me dar de presente uma chácara e um apartamento, e aí eu ganharei de graça, quem sabe essas coisas que eles dizem que eu tenho. É por isso que eu não manifesto, porque é eles que têm que provar, não sou eu quem tem que provar”, afirmou.

Segundo denúncia do MP, aceita pelo juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, Lula e outras seis pessoas tentaram comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Com informações do G1.

Temas: Lava Jato , Lula , MP , PF , provar , réu