Publicado em 26/04/2018 às 18h20.

Neto comenta escolha de Camaçari para ato com Maia e José Ronaldo

"A iniciativa foi do prefeito Elinaldo. De certa forma, estar na Região Metropolitana é uma mensagem para a capital e o interior", disse democrata

Rodrigo Aguiar
Foto: Rodrigo Veloso/bahia.ba
Foto: Rodrigo Veloso/bahia.ba

 

A escolha do município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, como local do ato de lançamento da pré-campanha de José Ronaldo (DEM) ao governo do Estado, nesta sexta-feira (27), foi uma forma de transmitir “uma mensagem para a capital e o interior”, segundo o prefeito da capital baiana, ACM Neto (DEM).

Também estará presente ao ato o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, pré-candidato do Democratas ao Palácio do Planalto.

“A iniciativa foi do prefeito Elinaldo, de realizar esse primeiro evento lá em Camaçari. Ele é um dos prefeitos mais importantes do Democratas na Bahia e resolvemos prestigiá-lo. De certa forma, estar na Região Metropolitana é uma mensagem para a capital e o interior. Mas, sobretudo, porque foi uma demanda do próprio prefeito Elinaldo”, afirmou Neto nesta quinta (26).

Chapão – O prefeito também defendeu a formação de uma ampla chapa proporcional dentro da sua base aliada – o famoso “chapão” – tanto para a disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) quanto na Câmara dos Deputados.

“No que depender da minha articulação, eu vou trabalhar nesse sentido. Então, não fará diferença se o deputado está no Democratas, no PSDB ou outro partido. Aqueles que quiserem estar juntos vão marchar juntos e esse é o nosso objetivo”, respondeu o prefeito, ao ser questionado sobre uma possível grande concorrência no DEM, que ganhou muitos deputados na janela partidária e tornou-se a segunda maior bancada da Alba.

PUBLICIDADE