Publicado em 02/06/2020 às 16h30.

Nomeação de Wizard deve ser publicada esta semana; ministério não confirma

Fundador da Wizard afirmou que foi convidado pelo ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, para assumir secretaria

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

O empresário Carlos Wizard Martins deve comandar a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde. Em entrevista à Folha de S.Paulo, o fundador da Wizard afirmou que foi convidado pelo ministro interino, Eduardo Pazuello, e aceitou.

“Essa semana sai no Diário Oficial da União. Mas estou indicado, e já vou me reunir com a equipe para fazer o agendamento”, afirmou ele à publicação.

O Ministério da Saúde, por outro lado, não confirma a nomeação. A informação que circula é que o nome de Martins tem sido escalado para área. Inclusive, o empresário já atua como conselheiro do Ministério da Saúde desde abril, mas sem remuneração.

Martins é missionário da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, onde conheceu o general Pazuello. O empresário acredita que a escolha para o cargo é devido à sua experiência com gestão.

Sem experiência na área de saúde, Martins é defensor da ampliação da oferta de cloroquina e hidroxicloroquina em uso profilático contra o novo coronavírus.

“Quero fazer de duas maneiras: de forma precoce, tão logo diagnosticada, e forma profilática o entorno dele. Se uma mãe foi diagnosticada, vamos dar para o marido, para os filhos e o entorno dela”, afirmou à Folha.

Estudos científicos ainda não encontraram evidências de que as substâncias são eficazes no tratamento da doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS), inclusive, suspendeu a hidroxicloroquina e cloroquina das opções para tratamento da Covid-19.