Publicado em 19/07/2017 às 14h04.

Otto diz que DEM barra empréstimos para governo de Rui

Senador afirmou que liberação do dinheiro aguarda assinatura do presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli

Rodrigo Daniel Silva
Foto: Rodrigo Daniel Silva/ bahia.ba
Foto: Rodrigo Daniel Silva/ bahia.ba

 

O senador Otto Alencar (PSD) acusou parlamentares do DEM de pedirem para a União barrar um empréstimo do Banco do Brasil para o governo do Estado.

Ao bahia.ba, o congressista disse que para liberação do dinheiro faltava apenas a assinatura do governador Rui Costa (PT) e do chefe do banco, Paulo Caffarelli. “Mas aí deram ordem para o presidente do Banco do Brasil não assinar. Se diz lá em Brasília que foi atuação do DEM. É um prejuízo sem precedentes. É uma coisa ruim demais para Bahia”, afirmou o senador.

De acordo com Otto, o empréstimo é uma contrapartida que o governo Temer encontrou para beneficiar os estados que não estavam incluídos no projeto de renegociação das dividas. O recurso seria usado para investimentos nas áreas de saúde e educação.

Sobre as conversas do DEM com o PSD, que têm ocorrido, segundo o prefeito ACM Neto, Otto reafirmou que “não tem nenhuma articulação com o democratas”.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.