Publicado em 18/08/2019 às 09h30.

Parlamentares esperam que Bolsonaro libere R$ 300 milhões a bolsas de pesquisas

Verba foi uma contrapartida exigida pelos deputados em troca da autorização para o governo conseguir saldar despesas

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Deputados aguardam que a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), cumpra a promessa de que Jair Bolsonaro vai enviar à Câmara proposta que libera R$ 330 milhões a bolsas de pesquisa. informação é da coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com a coluna, a verba foi uma contrapartida exigida pelos parlamentares em troca da autorização para o governo emitir R$ 248 bilhões em dívidas para saldar despesas, driblando a chamada regra de ouro.

Na sexta (16), o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes,disse que, sem os R$ 330 milhões, os bolsistas do CNPq ficarão sem receber a partir de setembro.
Ainda segundo o jornal, de olho em 2020, o deputado João Campos (PSB-PE) vai propor emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias que blinda a verba da Ciência e Tecnologia de contingenciamentos futuros. A ressalva já existiu e vigorou de 2002 a 2011.

A compressão de verba para a área foi muito forte. O Fundo de Desenvolvimento Científico, por exemplo, que teria R$ 4,9 bilhões neste ano, só liberou R$ 600 milhões até julho.

PUBLICIDADE

Mais notícias