Publicado em 12/11/2019 às 18h40.

Parlamentares rejeitam MP que pedia retirada de publicação de balanço em jornal

Proposta de Bolsonaro foi derrotada por 13 a 5, e comissão de deputados e senadores aprovou ainda voto para barrar medida provisória

Redação
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

 

O relatório favorável à proposta de presidente Jair Bolsonaro, que pede o fim da obrigação de empresas publicarem seus balanços em jornais impressos, foi derrubada nesta terça-feira (12) pela comissão de deputados e senadores que analisa a medida provisória.

De autoria da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS), o texto sugeria um escalonamento para que as informações deixassem de ser publicadas em veículos impressos de grande circulação e foi derrotado por 13 a 5 votos.

A comissão mista aprovou, pouco depois, um voto apresentado pela senadora Rose de Freitas (Podemos-ES) pela rejeição da medida de Bolsonaro. O parecer contrário à MP passará ainda por votações nos plenários da Câmara e do Senado.

PUBLICIDADE

Mais notícias