Publicado em 13/03/2016 às 13h03.

PM sobe para 20 mil estimativa de público em ato contra Dilma

Organizadores do protesto na Barra dizem que 60 mil manifestantes participaram de evento, que foi encerrado por volta das 13h

Evilasio Junior
Foto: Roberto Viana/bahia.ba
Foto: Roberto Viana/bahia.ba

 

A Polícia Militar subiu para 20 mil o número de participantes no ato contra a presidente Dilma Rousseff (PT), no bairro da Barra, na orla de Salvador, na manhã deste domingo (13), encerrado por volta das 13h no Farol. Inicialmente, o major Assemany, que coordena a atuação da PM no protesto, estimava a participação de 15 mil manifestantes, o que já representava um recorde nos eventos anti-PT na capital baiana.

Os organizadores do “Vem pra Rua” dizem que 60 mil pessoas integraram a caminhada entre o Farol e o Cristo. Segundo a PM, que escalou 285 agentes para fazer a segurança da manifestação, nenhuma ocorrência foi registrada.

Personagens – Entre os mais de 20 mil participantes, conforme os dados da PM, o cadeirante Antoniel Pinto, de 37 anos, que é administrador, destacou que “qualquer coisa vale a pena para defender a democracia, o Estado de Direito e a Justiça brasileira”. Ele disse ao bahia.ba que mesmo o Sol quente e a temperatura de 32 graus não representavam barreiras para o seu objetivo.

Foto: Roberto Vieira/ Bahia.ba
Foto: Roberto Viana/ Bahia.ba

 

Já o trompetista Marco de Jesus Oliveira, que também esteve na manifestação, ressaltou que foi contribuir com o que sabe: a música. O artista revelou o motivo para que ele marcasse presença no protesto: “prometeram uma coisa e estão fazendo outra, enganando o povo, usurpando a nação”.

Foto: Roberto Viana/ Bahia.ba
Foto: Roberto Viana/ Bahia.ba
PUBLICIDADE