Publicado em 15/02/2016 às 18h30.

PMDB ‘precisa’ ter Presidência da República em 2018, diz Temer

Segundo o vice-presidente, o poder político do PMDB atualmente não é suficiente para executar aquilo em que o partido acredita

Redação
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

 

O vice-presidente da República Michel Temer (PMDB) afirmou nesta segunda-feira (15) que o partido “precisa ter a Presidência da República em 2018”, em discurso feito a lideranças da sigla, em encontro realizado em Belo Horizonte (MG) para discutir a convenção nacional da legenda, agendada para março.

“Dizer que o PMDB não tem poder político, tem. Nós temos novos prefeitos, vereadores, deputados estaduais, federais, senadores, a Presidência da Câmara [dos Deputados], a Presidência do Senado, modestamente a vice-presidência da República, nós temos poder político. O que nós precisamos é ter a Presidência da República em 2018”, disse o vice-presidente, que foi aplaudido pelos correlegionários, segundo informações do G1.

Apesar do entusiasmo dos peemedebistas, Temer declarou que não será o candidato do partido. Segundo o vice-presidente, o poder político do PMDB atualmente não é suficiente para executar aquilo em que o partido acredita. “Enquanto nós não tivermos isso, nós ficamos apenas no verbo. E o verbo hoje não tem sido suficiente. Nós temos que ter meio, caneta, para executar aquilo que o verbo peemedebista relata, escreve”, afirmou.

PUBLICIDADE