Publicado em 20/11/2019 às 19h00.

Por decisão do STF, Mário Negromonte é novamente afastado do TCM

Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal cassou liminar anteriormente concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso

Redação
I
Foto: Beto Oliveira / Câmara dos Deputados

 

O conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) Mário Negromonte foi novamente afastado do cargo, por decisão da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que indeferiu um pedido de arquivamento da ação penal na qual o ministro é acusado de corrupção passiva.

Afastado da Corte em fevereiro do ano passado, Negromonte retornou ao posto quatro meses depois.

Na sessão de terça-feira (19) no Supremo, a Turma cassou liminar anteriormente concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso.

Negromonte é acusado de aceitar, em 2011, a promessa do pagamento de R$ 25 milhões de empresários ligados ao Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores.

PUBLICIDADE