Publicado em 07/07/2021 às 17h55.

Presidente da CPI da Covid dá voz de prisão a ex-diretor da Saúde

Durante a sessão, Omar Aziz já havia reclamado que Roberto Dias estava se esquivando das perguntas

Redação
Foto: Pedro França/Agência Senado
Foto: Pedro França/Agência Senado

 

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, senador Omar Aziz, deu voz de prisão nesta quarta-feira (7) ao ex-diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias.

Durante a sessão, Aziz já havia reclamado que o Dias estava se esquivando das perguntas formuladas pelos senadores da comissão.

“O depoente vai ser recolhido pela Polícia do Senado. Ele está mentindo desde cedo e tem coisas que não dá para admitir (…) chame a Polícia do Senado. O senhor está detido pela presidência da CPI”, afirmou Aziz, que encerrou a sessão em seguida.

“Tenho sido desrespeitado todos os dias com historinha aqui. Não aceito que a CPI vire chacota. Pessoas morrendo e eles brincando de negociar vacinas. Ele vai estar detido agora pelo Brasil, pelas vítimas sequeladas. Ele está preso e se eu estiver errado posso ser processado. Ele que recorra na justiça, mas ele está preso e a sessão está encerrada. Podem levar”, finalizou.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.