Publicado em 03/01/2022 às 09h25.

Primeiro boletim médico de Bolsonaro indica quadro de ‘suboclusão intestinal’

Equipe responsável informa que presidente está ‘sem previsão de alta’

Jamile Amine
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Divulgado há pouco, o primeiro boletim médico apresentado desde que o presidente Jair Bolsonaro deu entrada no Hospital Vila Nova Star, nesta segunda-feira (3), indica que o chefe do Executivo sofre de “quadro de suboclusão intestinal”.

Ainda segundo o boletim, Bolsonaro “está estável, em tratamento e será reavaliado ao longo desta manhã pela equipe do Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo”. Segundo o hospital, não há previsão de alta médica.

Além do cirurgião-chefe Macedo, que operou Bolsonaro no caso da facada, a direção médica responsável pelos cuidados do presidente é formada pelos cardiologistas Leandro Echenique e Ricardo Camarinha, pelo diretor médico do hospital, Antônio Antonietto e pelo diretor geral do hospital, Pedro Loretti.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.