Publicado em 03/12/2015 às 17h18.

Redes sociais viram palanque para discutir impeachment

Lideranças políticas postam no Facebook posicionamento diante da crise Cunha x Dilma de olho no eleitorado

Jaciara Santos
Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, faz leitura do pedido de impeachment de Dilma
Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, faz leitura do pedido de impeachment de Dilma

De olho no alcance das redes sociais, lideranças políticas têm usado a internet para se posicionar em relação ao pedido de impeachment aceito pelo presidente da Câmara nesta quarta-feira (2). Confira algumas das manifestações postadas em perfis pessoais e fanpages no Facebook:

ciro gomes
Ex-ministro Ciro Gomes/Arquivo

Ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE): “Não aceitaremos que um chefe de quadrilha processado na Justiça por corrupção leve o país à ruptura democrática! NÃO ACEITAREMOS O GOLPE!”.

Deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA): “Impeachment aberto, defendo que o Congresso promova a convocação extraordinária para que possamos iniciar 2016 com um Brasil sem Dilma, um Brasil sem o PT e um Brasil com esperança”.

Luciana Genro, ex-candidata à Presidência pelo Psol: “Impeachment nascido da chantagem de Cunha não terá apoio do PSOL!”.

Antonio Imbassahy
Deputado Antonio Imbassahy/Arquivo

Deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA): “Foi dada a largada para o impeachment da Dilma.Estamos chegando lá!”.

Deputado federal Chico Alencar (Psol-RJ)/Facebook: “Cunha não tem credibilidade, mas ainda usa a prerrogativa de presidente da Câmara, monocrática, imperial, de acolher um pedido de impeachment”.

Senador Aécio Neves (presidente nacional do PSDB): “A abertura do processo de impeachment contra a presidente da República era esperada, porque ela cometeu um crime de responsabilidade, agravado ainda mais por ter sido em um ano eleitoral. É importante que essa discussão seja acompanhada por cada um de vocês, que ela mobilize a sociedade brasileira, porque precisamos do início de um novo tempo no Brasil, onde a ética, a responsabilidade e a verdade prevaleçam.”

PUBLICIDADE