Publicado em 04/05/2021 às 15h11.

Rejeição da gestão de Doria no governo de São Paulo é de 65,3%, aponta pesquisa

Governador tenta viabilizar a candidatura à presidência, mas tem a impopularidade no próprio estado como obstáculo

Redação
Foto: Governo do Estado de São Paulo
Foto: Governo do Estado de São Paulo

 

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que tenta viabilizar a sua candidatura à presidência da República em 2022 tem um novo obstáculo no caminho. Além da concorrência com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), Doria sofre com uma alta taxa de rejeição no próprio estado.

De acordo com o levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta terça-feira (4), 65,3% dos entrevistados desaprovam a gestão do governador de São Paulo, com apenas 30,4% aprovando; 4,3% não responderam a pergunta.

A pesquisa ainda pediu que as pessoas avaliassem o governo Doria. Para os entrevistados, 42,6% disseram ser “péssima”, enquanto 29%, “regular”; 13,1%, “boa”; 11,4%, “ruim”; e 2,7%, “ótima”.

Foram ouvidas 1.602 pessoas entre os dias 28 e 1º de maio. A margem de erro é de 2,5% e o grau de confiança de 95%.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.