Publicado em 29/07/2016 às 16h00.

Resultado das contas públicas no 1º semestre é o pior da história

De acordo com o Banco Central, o último mês de junho foi também o pior já registrado em relação a anos anteriores desde o começo da série histórica

Redação

Contas ECONOMIA RESULTADO RUIM BAIXA QUEDA

 

As contas do setor público consolidadas durante o primeiro semestre deste ano tiveram o pior resultado para o período desde o começo da série histórica, iniciada em dezembro de 2001, informou nesta sexta-feira (29) o Banco Central.

Segundo a instituição, o último mês de junho foi também o pior já registrado em relação a anos anteriores. As contas do setor público incluem governo federal, os estados, municípios e empresas estatais.

Em junho deste ano, o déficit primário (despesas maiores do que receitas, sem contar os gastos com pagamento de juros da dívida pública) foi de R$ 10 bilhões. Até então, o pior resultado para junho tinha ocorrido no ano passado com um rombo de R$ 9,32 bilhões.

Já nos primeiros seis meses de 2016, o déficit fiscal das contas públicas foi de R$ 23,77 bilhões. No primeiro semestre do ano passado, que correspondia ao pior resultado até então, houve um superávit primário (receitas maiores do que despesas, sem contar gastos com juros) de R$ 16,22 bilhões.