Publicado em 13/02/2020 às 16h58.

Rui comenta declarações de Guedes: ‘É difícil superar essa herança escravocrata’

Governador também alfinetou Sergio Moro sobre operação da polícia baiana: "Não entendo de miliciano"

Breno Cunha / Estela Marques
Foto: Estela Marques / Bahia.ba
Foto: Estela Marques / Bahia.ba

 

O governador Rui Costa (PT) comentou nesta quinta-feira (13), em entrevista a jornalistas durante a apresentação do carnaval do governo do estado, em Salvador, as declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre viagens de empregadas domésticas ao exterior.

Segundo Rui, “infelizmente esse é o retrato da elite brasileira”.

“Uma elite que se incomoda profundamente com qualquer ascensão, qualquer benefício que os que vem de baixo tem. Basta eventualmente uma empregada doméstica fazer uma poupança de muitos anos, parcelar no cartão, e conseguir viajar para o exterior, pra isso virar um escândalo na opinião de um ministro. É triste. Como é difícil superar essa herança escravocrata. Espero estar vivo para ver que os dirigentes do país não expressem tamanho racismo, tamanho preconceito com as camadas sociais menos favorecidas”, disse.

Rui evitou comentar ainda a opinião de Sergio Moro, ministro da Justiça, sobre a operação da polícia baiana que resultou na morte de Adriano da Nóbrega, em Esplanada, no último domingo. “Eu não entendo de miliciano, não entendo nada do mundo do crime. Deixa quem entende ficar falando”, alfinetou.

PUBLICIDADE