Publicado em 28/06/2022 às 22h23.

Rui critica lucro da Petrobras e congelamento do ICMS: ‘Desastrosas medidas’

"O que não se pode é a Petrobras ter quase R$ 50 bilhões de lucro e a gente prejudicar a saúde, a educação e a polícia, que precisa receber seu salário"

Anderson Oliveira / Leilane Teixeira
Imagem: Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

 

O governador Rui Costa comentou nesta terça-feira (28), durante o Papo Correria, sobre o congelamento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) relacionado aos combustíveis. Segundo o petista, não adianta a Petrobras ter um bilhões de lucro e afetar áreas da saúde, educação e seguramça pública.

“O que não se pode é a Petrobras ter quase R$ 50 bilhões de lucro, que vai registrar o maior lucro da história. O que não pode são os importadores de combustíveis terem bilhões de lucro, os distribuidores e vendedores de combustíveis terem bilhões de lucro e a gente prejudicar a saúde, a educação, a polícia, que precisa receber seu salário, por conta dessas desastrosas medidas”, disse o governador.

O petista lembrou que nesta terça foi realizada a audiência de conciliação dos governadores com o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para tratar deste assunto.

“Todos nós queremos a redução do preço dos alimentos, dos combustíveis… A inflação no Brasil disparou, infelizmente, o desemprego disparou, a miséria cresceu […] O STF fez hoje uma audiência de conciliação. Vamos aguardar qual é a decisão da Suprema Corte brasileira sobre esse imbróglio que ficou, infelizmente, por falta de governo, por falta de política econômica”.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.