Publicado em 21/01/2020 às 17h34.

Secretário de Educação se diz surpreso com ocupação do Colégio Odorico Tavares

Grupo ocupou prédio localizado no Corredor da Vitória e exige recuo da gestão estadual na venda do terreno

Breno Cunha
Foto: Mônica Salvador/Divulgação
Foto: Mônica Salvador/Divulgação

 

O secretário de Educação da Bahia, Jerônimo Rodrigues, informou que foi pego de surpresa com a notícia da ocupação do Colégio Odorico Tavares por um grupo de estudantes, nesta terça-feira (21).

Os manifestantes pedem o recuo do governo estadual na venda do terreno do colégio, localizado no Corredor da Vitória, bairro com metro quadrado mais caro de Salvador.

Ao bahia.ba, Jerônimo afirmou que acionou o governador Rui Costa sobre o assunto e outras secretarias da gestão estadual, como a Serin (Secretaria de Relações Institucionais) e a Seab (Secretaria de Administração), que agora administra o prédio, além da SSP (Secretaria de Segurança Pública), estão tratando da ocupação.

“Minha preocupação é que o prédio precisa estar funcionando por causa da matrícula dos estudantes. O colégio não pode ficar nessa situação porque tem estudante indo buscar documentos”, disse.

Ele pontuou ainda que a Secretaria de Educação não foi comunicada anteriormente sobre as pautas dos estudantes. “Em momento algum. Querem que o governador volte atrás do fechamento, mas o projeto já está na Assembleia Legislativa”.

“Nossa preocupação agora são as matrículas. Isso não quer dizer que não vamos dialogar, mas precisamos superar isso pra evitar prejuízos aos estudantes que precisam se matricular”, completou.