Publicado em 14/07/2020 às 12h15.

Segundo Marlylda, não há como fechar o ferry

"Não dá"

Levi Vasconcelos

Marcus Vinicius (MDNB), prefeito de Vera Cruz, diz que há problemas na ilha de Itaparica porque a colega Marlylda Barbuda (PSB), de Itaparica, não joga duro no ferryboat como deveria, segundo ele, um grande vetor de entrada da Covid por lá.

A ilha tem dois municípios, Itaparica e Vera Cruz, a maior parte. Ele chega a sugerir a suspensão do ferry por cinco dias. Ela descarta:

— O ferry realmente é um problema, mas não tenho como fechar. Tem um monte de gente que mora aqui e trabalha em Salvador e vice-versa. Além disso, tem o paciente da Covid, que pode precisar sair daqui às pressas e tem também outros doentes, como renais crônicos, gente em tratamento de câncer, que usam direto o ferry. Não dá.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.