Publicado em 30/04/2020 às 08h48.

Senado precisa de oito assinaturas para pedir CPI que investigará Bolsonaro

Senador Fabiano Contarato (Rede – ES), recolheu 18 das 27 assinaturas necessárias

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Faltam assinaturas de oito senadores para que o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM), receba o pedido de criação de uma CPI para investigar as acusações de Sergio Moro contra Jair Bolsonaro, até a tarde de quarta-feira (29). A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

Segundo a publicação, o senador Fabiano Contarato (Rede – ES), recolheu 18 das 27 assinaturas necessárias — um terço da Casa.

Já assinaram os senadores: Alessandro Vieira (Cidadania), Alvaro Dias (Podemos), Eliziane Gama (Cidadania), Fabiano Contarato (Rede), Humberto Costa (PT), Jaques Wagner (PT), Jean Paul Prates (PT), Jorge Kajuru (Cidadania), Leila Barros (PSB), Mara Gabrilli (PSDB), Paulo Paim (PT), Paulo Rocha (PT), Randolfe Rodrigues (Rede), Reguffe (Podemos), Rogério Carvalho (PT), Styvenson Valentim (Podemos), Weverton (PDT), e Zenaide Maia (Pros).

Mais notícias