Publicado em 24/09/2020 às 07h27.

TCU envia documentos para que MPF investigue de uso de passaporte por Weintraub

MPF investiga se ex-ministro usou indevidamente seu passaporte diplomático para entrar nos EUA

Redação
Foto: Rafael Carvalho/Casa Civil
Foto: Rafael Carvalho/Casa Civil

 

Os documentos do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub, que constam no Tribunal de Contas da União (TCU), foram encaminhados para que o Ministério Público Federal (MPF) investigue se ele usou indevidamente seu passaporte diplomático para entrar nos EUA.

Como ministro, ele tinha direito ao passaporte diplomático. Um dia antes de pousar nos EUA, em junho, no entanto, Weintraub pediu para ser exonerado.

O uso do passaporte implicaria em “violação aos deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições”, de acordo com a coluna Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

A investigação contra Weintraub no TCU foi provocada pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES), que chegou a pedir a apreensão do passaporte do ex-ministro antes que ele deixasse o país rumo a Washington, onde assumiria mais tarde um cargo de diretor do Banco Mundial.

Mais notícias