Publicado em 22/11/2019 às 18h40.

‘Tem que ter a humildade de conversar comigo’, diz Bolsonaro sobre Witzel

O governador do Rio de Janeiro prometeu processar o presidente, após ser acusado de manipular as investigações do caso Marielle Franco

Redação
Foto: Isac Nobrega/PR
Foto: Isac Nobrega/PR

 

O presidente Jair Bolsonaro negou nesta sexta-feira (22) que os atritos com o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afetem a relação do governo federal com a administração fluminense, mas disse que o chefe do Executivo estadual deve procurá-lo, de acordo com a Folha.

“Da minha parte nenhuma, mas tem que ter a humildade de conversar comigo”, declarou o presidente. Na quinta-feira (21), o governador do Rio prometeu processar Bolsonaro, após ser acusado pelo chefe do Palácio do Planalto de manipular as investigações do caso Marielle Franco.

Bolsonaro e Witzel têm trocado ataques desde que o ex-juiz anunciou seu desejo de disputar a Presidência da República em 2022.

PUBLICIDADE