Publicado em 26/09/2016 às 14h58.

Temer cobrará explicações de ministro da Justiça

Presidente ficou irritado com declarações de Alexandre de Moraes, que afirmou a integrantes do MBL que haveria mais uma fase da Operação Lava Jato nesta semana

Redação
(Foto: José Cruz/Agência Brasil)
Foto: José Cruz / Agência Brasil

 

O presidente Michel Temer vai cobrar explicações do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, sobre declarações feitas neste domingo (25), quando ele afirmou a integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) que haveria mais uma fase da Operação Lava Jato nesta semana, informa a Folha.

Já irritado pela fala de Moraes, Temer gostou menos ainda quando foram presos nesta segunda-feira (26) o ex-ministro Antonio Palocci (governos Lula e Dilma) e assessores dele.

A avaliação de auxiliares presidenciais é de que o fato dá força ao argumento de que o governo tenta interferir na Lava Jato. O Planalto acredita que o ministro, que pode ser investigado por vazar uma informação sigilosa, ficou em uma posição “ruim” e precisará se explicar “muito bem” porque, para agravar, deu as declarações em Ribeirão Preto (SP), terra de Palocci.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.