Publicado em 17/08/2017 às 16h08.

Trindade sugere honoris causa em praça pública para Lula

Responsável por judicializar questões municipais, líder da oposição na Câmara de Vereadores normalizou a ida de políticos aos tribunais

Alexandre Galvão
Foto: Izis Moacyr / Bahia.ba
Foto: Izis Moacyr / Bahia.ba

 

Depois de o juiz da 10ª Vara Federal Cível da SJBA, Evandro Reimão dos Reis, barrar a homenagem da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) ao ex-presidente Lula, nesta quinta-feira (17), o líder da oposição em Salvador, vereador José Trindade (PSL), sugeriu que a honraria seja concedida em praça pública.

“É lamentável que um juiz de primeira instância, talvez que nem tenha preparo suficiente, dê uma liminar dessa natureza. Entendo que seja justo [o título de doutor honoris causa] e que Lula deva ir receber do povo, em praça pública”, sugere.

Responsável por judicializar questões municipais, Trindade normalizou a ida de políticos aos tribunais para resolver questões da própria política. “Você já vê isso em nível nacional. Quando o Congresso não exerce suas funções, vai para o Supremo, que tem ditado as decisões do país. Aqui, toda vez que somos cerceados, vamos para a Justiça”, descreveu, ao bahia.ba.