Publicado em 18/03/2016 às 16h43.

Vereador do PT nega que ato defenda Lula e Dilma

“Aqui tem a população de Salvador. A cara preta da cidade, diferentemente dos 77, 80 por cento de branco e de burgueses”, disse Moisés Rocha

Evilasio Junior
Foto: Rodrigo Viana/bahia.ba
Foto: Rodrigo Viana/bahia.ba

 

O vereador do PT Moisés Rocha negou, em entrevista ao bahia.ba, que o ato desta sexta-feira (18), no bairro do Campo Grande, no centro de Salvador, tenha sido convocado pelo seu partido e pelos movimentos sociais ligados à sigla. De acordo com o petista, a manifestação “está para além dos partidos políticos”. “Aqui não está quem esta defendendo Dilma e Lula. Estão deturpando. Aqui estão aqueles que defendem a democracia. Aqui tem a população de Salvador. A cara preta da cidade, diferentemente dos 77, 80 por cento de branco e de burgueses”, comparou, em relação ao protesto do último domingo (13), que pedia o impeachment da mandatária, na Barra, que teria sido promovida pela “elite branca” soteropolitana.

PUBLICIDADE