Publicado em 11/09/2019 às 16h28.

Veto do prefeito a vínculo duplo é mantido e agentes de saúde protestam

Foram 12 votos pela derrubada do veto e 21 a favor

Rodrigo Aguiar
Foto: Rodrigo Aguiar / Bahia.ba
Foto: Rodrigo Aguiar / Bahia.ba

 

Agentes de saúde protestaram na Câmara de Salvador na sessão desta quarta-feira (11). A categoria pedia que fosse derrubado veto do prefeito ACM Neto (DEM) ao Projeto de Lei 125/19.

De autoria do vereador Sidninho (Podemos), o texto autoriza aos agentes de saúde o duplo vínculo de trabalho.

“Se o piso fosse pago, vocês não precisariam ter outro emprego”, afirmou Sidninho, ao apelar aos colegas pela derrubada do veto.

Em seu discurso, o autor do projeto ainda atacou a Procuradoria-Geral do Município (PGM). “É a procuradora que diz o que é constitucional, não são sete vereadores da Comissão de Constituição e Justiça”, lamentou.

A votação chegou a ser realizada duas vezes, a segunda de forma nominal. Foram 12 votos pela derrubada do veto e 21 a favor. Um dos que votaram para derrubar o veto do prefeito foi o presidente da Câmara, Geraldo Jr. (SD).

PUBLICIDADE

Mais notícias