Publicado em 25/08/2020 às 13h48.

Wagner diz ver consenso para aprovação do novo Fundeb nesta terça

Aprovada na Câmara dos Deputados no fim de julho, proposta agora será votada no Senado

Alexandre Santos
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

 

O senador Jaques Wagner (PT-BA) afirmou acreditar em um consenso na Casa pela aprovação do novo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), previsto para ser votado na tarde desta terça-feira (25). O texto foi aprovado na Câmara dos Deputados no dia 21 de julho. A proposta prevê que o fundo seja permanente e que a complementação da União salte dos atuais 10% para até 23% dentro de seis anos.

“Defender o Fundeb é defender a educação pública brasileira. Tenho absoluta confiança de que há argumentos de sobra e um ambiente de consenso para aprovarmos hoje esse projeto que é urgente e prioritário”, escreveu o petista em sua conta no Twitter.

A tendência é que a matéria seja aprovada como veio da Câmara, sem alterações para que dê tempo de regulamentar o fundo até o fim do ano. caso haja mudanças por parte dos senadores, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) precisa voltar para a Câmara.

“A proposta do novo Fundeb é bem completa e amplia gradativamente a verba federal na educação básica. Portanto, nossa bancada do PT no Senado votará o projeto na forma como ele veio da Câmara, sem alterações”, afirma Wagner.

Se aprovado, o novo Fundeb deverá ser promulgado nesta quarta (26).

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.