Publicado em 25/03/2020 às 15h38.

Weintraub desmente notícias sobre ações do MEC em torno a pandemia

Segundo o ministro, alguns veículos de comunicação estão espalhando informações antigas do ministério sobre a volta as aulas

Bianca Rocha
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

 

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, postou um vídeo em suas redes sociais, nesta quarta-feira (25), acusando alguns veículos de comunicação por disseminar notícias falsas sobre ações do MEC. Segundo ele, há um vídeo em que circula pedindo que os alunos voltem as aulas em meio a pandemia do novo coronavírus no Brasil.

“Nesse momento que a gente tá lidando com vidas humanas, eles olham jogo de poder e olham o quanto eles tem a ganhar em em dinheiro. É mentira que eu estou chamando as crianças para voltar as aulas”, informou o ministro após chamar alguns jornalistas de ‘mau caráter’.

Segundo ele, o vídeo é de duas semanas atrás e fala sobre as crianças que estão chegando é para “pegar os livros e aguardarem as novas definições”.

Além disso, Weintraub afirma que não houve nenhum cancelamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2020. “Parem de espalhar pânico. É muito cedo para qualquer posição e seguiremos a orientação do ministro Mandetta”, escreveu o ministro.

Weintraub já havia postado, na última terça-feira (24), o exame que fez para detectar se estava ou não com o novo coronavírus. “Dispensei quase todos para trabalhar em casa e tenho ficado no MEC com uma equipe reduzida. Há decisões e reuniões que não podem ser feitas remotamente. Não tinha sintomas, porém, para reduzir o risco para as pessoas que estão em contato comigo, fiz o exame. Não tenho NADA”, diz a publicação.

Confira o vídeo postado pelo ministro

 

PUBLICIDADE