Publicado em 05/12/2021 às 12h30.

Codesal já recebeu 29 solicitações neste domingo

Devido a um fenômeno chamado cavado, chove forte em Salvador desde a madrugada

Redação
Foto: Adriano Villela/bahia.ba
Foto: Adriano Villela/bahia.ba

 

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu 29 solicitações até as 12h deste domingo (5). Foram dois alagamentos de imóveis, três ameaças de desabamento, nove ameaças de deslizamento, uma árvore ameaçando cair, quatro avaliações de imóveis, dois desabamentos parciais, cinco deslizamentos de terra e três infiltrações.

Chove forte na capital desde a madrugada deste domingo (5). Um dos fatores para a mudança no tempo é um fenômeno chamado cavado.

Os locais em que foram registrados os maiores acumulados de chuva em seis horas (atualizado às 12h): São Cristóvão (83mm), Mussurunga (82,2mm), Caminho das Árvores (80,2 mm), Engenho Velho de Brotas (76,6mm), Cajazeiras (74mm).

Para o período da tarde, a previsão é de que haja redução no volume de chuva, saindo da intensidade moderada para fraca. As informações são do Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Salvador (Cemadec).



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.