Publicado em 17/06/2021 às 13h21.

Com quase 7 mil casos de Covid na Pituba, prefeitura ainda não planeja medidas no bairro

Bairro mantém liderança no número de casos há quatro meses; em seguida vêm Pernambués e Brotas

Leilane Teixeira
Foto: Divulgação/Sesab
Foto: Divulgação/Sesab

 

Liderando a lista de infectados há quatro meses, o bairro da Pituba, em Salvador, chegou a 6.924 casos confirmados de Covid-19, conforme dados atualizados do ‘Indicadores Covid-19’, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Logo em seguida vêm Pernambués, com 6.347 registros, e Brotas, com 5.878 casos.

Apenas nas últimas 24 horas, a Pituba registrou 30 novos casos e um crescimento de quase 2.500 registros apenas de fevereiro até o momento. Questionado sobre alguma ação no bairro para conter o avanço da doença, o secretário de saúde, Léo Prates, disse ao bahia.ba que ainda não há nenhum planejamento pronto.

“Estou discutindo com o prefeito da cidade [Bruno Reis] a situação da pandemia, mas ainda não pensamos em nada específico para o bairro da Pituba nem para os demais. Os leitos estão em 79%, e vamos ficar observando a oscilação antes de tomar alguma decisão”, disse Prates.

De acordo acordo com o mais recente boletim epideomológico, divulgado na quarta-feira (16) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), Salvador registrou 906 novos casos e 27 mortes por Covid nas 24 horas anteriores.

No total, a cidade contabiliza 218.755 casos confirmados da doença desde o início da pandemia e 7.114 mortes. A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes adultos com Covid é de 79%.

Os 5 bairros líderes de infecções do coronavírus em Salvador

Pituba: 6.924 casos

Pernambués: 6.347 casos

Brotas: 5.878 casos

Itapuã: 4.883 casos

Fazenda Grande do Retiro: 4.247 casos

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.