Publicado em 27/10/2020 às 12h22.

‘Corregedoria está funcionando’, diz Rui sobre denúncias contra policiais militares

Na segunda-feira (26), seis PMs foram detidos por suspeita de participar de grupo de sequestro

Paloma Teixeira / Raphael Minho
Foto: Alberto Maraux/SSP-BA
Foto: Alberto Maraux/SSP-BA

 

O governador da Bahia, Rui Cosa (PT), comentou o caso dos seis policiais militares detidos por suspeita de participar de um grupo que praticava extorsão mediante sequestro, em Salvador. Em coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira (27), o petista minimizou o chamado ‘comportamento negativo’ de PMs. Os agentes foram presos na segunda (26).

De acordo com ele, em um contingente 32 mil homens, seis serem denunciados por suspeita de crimes contabiliza um “percentual irrisório” de servidores. Ainda na entrevista, ele disse que se este tipo de caso está sendo divulgado é porque a corregedoria está trabalhando.

“O fato das situações estarem aparecendo, significa que a corregedoria está funcionando e tem que funcionar. Em um governo democrático, que não admite desvio de servidores públicos, as corregedorias têm que funcionar”, afirmou.