Publicado em 06/11/2019 às 21h20.

Embasa flagra e retira ‘gato’ de água em farmácia e restaurante na Cidade Baixa

Nos dois casos, os estabelecimentos estavam com o fornecimento de água cortado por falta de pagamento e reabriram a ligação clandestinamente; dívida é de R$ 14 mil

Redação
Foto: Divulgação/Embasa
Foto: Divulgação/Embasa

 

Um restaurante, situado no bairro do Bonfim, e uma farmácia, em Jardim Cruzeiro, foram flagrados furtando água da rede distribuidora da Embasa, durante operação realizada nesta quarta-feira (6). A ação de combate a fraudes foi acompanhamento da Polícia Civil, Polícia Militar e Departamento de Polícia Técnica.

Os responsáveis pelos imóveis não foram encontrados no momento da fiscalização, mas serão chamados para prestar esclarecimentos durante o inquérito policial.

Nos dois casos, os estabelecimentos estavam com o fornecimento de água cortado por falta de pagamento e reabriram a ligação clandestinamente. O débito somado é de cerca de R$14 mil.

“A Embasa já havia retirado fraudes anteriores, tanto no restaurante como na farmácia. Diante da reincidência, foi necessário o apoio policial. Além de quitar os débitos, os responsáveis pelos imóveis terão que ressarcir à Embasa o valor correspondente ao desvio de água realizado nos últimos doze meses, que ainda será calculado, além de pagar multa”, diz a concessionária, em nota.

Segundo a empresa, qualquer intervenção no hidrômetro e na rede de  água com o intuito de furto é crime e o infrator está sujeito ao cumprimento das penalidades previstas na legislação vigente.

O usuário que estiver nessa situação deve procurar um ponto de atendimento da empresa e regularizar sua ligação, evitando problemas com a polícia e multas. A população pode denunciar sigilosamente as situações de fraude pelo 0800 0555 195.

PUBLICIDADE