Publicado em 16/06/2021 às 12h15.

Empresa que promove desmatamento em Mussurunga destruiu parte da rede de esgoto do bairro

De acordo com a Embasa, cerca de 2 km de tubulação foram danificados

Anderson Ramos
Foto: Divulgação Embasa
Foto: Divulgação Embasa

 

A empresa ATF Patrimonial destruiu a rede de esgoto de casas que ficam próximas ao local onde está sendo realizada uma obra que vem causando a devastação de uma extensa área verde no bairro de Mussurunga.

Uma equipe da Embasa esteve no local nesta terça-feira (15) e constatou o problema. Segundo a estatal, foram danificados aproximadamente 2 km de rede. “A Embasa entrou em contato com a empresa causadora do dano para identificar do que se trata a obra e como serão feitos os reparos na rede de esgoto que funciona no local”, disse a empresa em nota enviada ao bahia.ba.

“O esgoto fica jorrando água porque eles destruíram toda a tubulação. Tá um fedor brabo, com esse esgoto a céu aberto. A empresa não tomou ação nenhuma em relação a isso”, disse o morador Hércules Santos.

Questionado, o Ministério Público informou que “recebeu um documento da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) atestando que a área está devidamente licenciada”. O parquet designou a promotora de Justiça Ana Luzia Santana para investigar o caso. No entanto, o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hidrícos (Inema) prepara um relatório que vai informar sobre possíveis irregularidades na intervenção.

A reportagem tentou entrar em contato com a ATF Patrimonial, mas não conseguiu retorno até o momento da publicação desta matéria.

Foto: Guto Guimarães
Foto: Guto Guimarães / leitor bahia.ba

Protesto

Moradores do bairro organizam um protesto nesta quarta-feira em frente ao Palácio Tomé de Sousa, sede da Prefeitura de Salvador. Os manifestantes levaram cruzes com fotos de animais que foram mortos por conta do desmatamento e palavras de ordem alertando para o possível crime ambiental que está sendo praticado em Mussurunga.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.