Publicado em 06/07/2016 às 09h08.

Estudantes da rede estadual protestam no Rio Vermelho e na Piedade

Manifestantes pedem a contratação de funcionários para as escolas; Trânsito está congestionado nas duas localidades

Linda Gomes
Foto: Reprodução/ TV Bahia
Foto: Reprodução/ TV Bahia

 

Dois grupos de estudantes da rede estadual de ensino realizam um protesto na Rua Oswaldo Cruz, no Rio Vermelho, e na Rua Direta da Piedade, centro, em Salvador, onde ocupam uma das faixas da pista. O motivo da manifestação é a falta de funcionários terceirizados nas escolas.

A Secretaria de Educação da Bahia se pronunciou por meio de nota e disse está acompanhando a situação e trabalhando para que as atividades sejam normalizadas na unidade escolar, ainda nesta quarta e afirma que orientou que a direção da escola para que mantenha os atuais prestadores de serviço trabalhando, enquanto as empresas vencedoras da licitação regularizam a contratação dos prestadores de serviço.

Ainda de acordo com a Sec, Os contratos com as empresas que prestavam os serviços chegaram ao fim em 30 de junho e não estavam em conformidade com a Lei Anticalote. Com os novos contratos, regidos pela Lei Anticalote, os direitos trabalhistas e indenizatórios dos funcionários estão garantidos. A Transalvador acompanha o fluxo de veículos e retenção no tráfego está sendo registrada nas duas localidades.

Na manhã da última terça-feira (5), das 239 escolas de Salvador, 23 tiveram as aulas suspensas pelo mesmo motivo do protesto desta quarta-feira: a falta de funcionários e as demissões em massa.