Publicado em 17/09/2019 às 18h24.

Líder de motoristas de apps vê ‘com estranheza’ incentivo da prefeitura a uso de táxi

Táxi Mobi, lançado pela prefeitura de Salvador, oferece corridas de táxi com descontos de até 30% do valor convencional

Élida Oliveira / Romulo Faro
Foto: Antônio Queirós/Câmara Municipal de Salvador
Foto: Antônio Queirós/Câmara Municipal de Salvador

 

Embora não considere risco do ponto de vista da concorrência, o presidente do Sindicato dos Motoristas por Aplicativo e Condutores de Cooperativas do Estado da Bahia, Átila Santana (falando ao microfone na foto), diz ver “com estranheza” o incentivo da prefeitura de Salvador ao uso de app que dá desconto de até 30% no valor da corrida em bandeira 1 nos táxis da capital.

Átila diz estranhar o que é visto por motoristas de aplicativos como tentativa de ‘concorrência’ por parte do poder público diante de empresas privadas (a exemplo de Uber e 99).

“Não vejo prejuízos para os motoristas do Uber. Acho estranho apenas o tratamento diferenciado com os taxistas. Não vejo como ameaça às atividades já realizadas pelo motoristas de aplicativos, mas enxergo com estranheza o fato de existir essa reserva de mercado. O Uber é um serviço estabilizado, que se consolida como marca no mercado de mobilidade. As marcas são fortes no mercado”, disse Átila Santana ao bahia.ba.

O Táxi Mobi, lançado pela prefeitura de Salvador em abril último, já tem cadastrados cerca de 3 mil dos pouco mais de 7 mil taxistas em circulação na cidade, de acordo com a Secretaria de Mobilidade. Dados do governo municipal informam ainda que mais de 20 mil cidadãos já fizeram download do aplicativo.

‘Os taxistas cadastrados no Táxi Mobi, aplicativo oficial de mobilidade da Prefeitura, operam com descontos maiores. A ferramenta oferece agora 25% de desconto nos horários de pico e finais de semana e 30% nas demais horas da semana. Além de trabalha com corridas na Bandeira 1, ou seja, mais barata’, diz a prefeitura em release distribuído à imprensa.

 

PUBLICIDADE