Publicado em 03/11/2021 às 06h35.

Madrugada de chuva teve rajada de vento acima de 47 km/h, aponta Codesal

Maior parte das notificações computadas pela Defesa Civil foi para atender destelhamento de imóveis

Rayllanna Lima
Foto: Mattheus Miranda/bahia.ba
Foto: Mattheus Miranda/bahia.ba

 

Em decorrência de uma frente fria vinda da região Sudeste, a madrugada desta quarta-feira (3) na capital baiana foi de muita chuva e ventania. Segundo informou a Defesa Civil de Salvador (Codesal), a cidade registrou rajadas de vento acima de 47 km/h.

Por conta do vento forte, a maior parte das notificações computada pela Codesal foi para destelhamento de imóveis (4). Conforme apurou o bahia.ba, no total, até as 6h30, foram registradas dez ocorrências, entre elas alagamento de imóvel, infiltração e árvore ameaçando cair.

A Defesa Civil já estava em alerta sobre a chegada da frente fria, mas a previsão de chuva forte era a partir de quinta-feira (4). Com a antecipação, agentes da pasta intensificaram as ações nas primeiras horas desta quarta.

“Madrugada de chuva e muita atenção. Vistoriando as ruas da cidade e também na sede da Defesa Civil para acompanharmos essa movimentação climática e informamos a população com brevidade. Em caso de emergência, disque 199”, disse o diretor-geral da Codesal, Sosthenes Macedo.

Segundo o Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil, até as 6h as regiões que registraram os maiores índices de acumulados de água foram Sete de Abril – Bosque Real, Pituaçu, São Rafael, CAB e Nova Brasília.

A chuva intensa deve seguir pelo menos até domingo (7), com céu nublado e chuva com trovoadas. Durante o período, a cidade segue em alerta para alagamentos e deslizamentos de terra.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.