Publicado em 25/06/2022 às 20h30.

Movimento Sem Teto ocupa prédio no Jardim de Alah neste sábado (25)

A nova ocupação acolhe cerca de 45 famílias chefiadas por mulheres negras

Redação
Foto: MSTS
Foto: MSTS

 

O Movimento dos Sem Teto de Salvador (MSTS) ocupou, na manhã deste sábado (25), o antigo Hotel Atlântico, localizado na Avenida Otávio Mangabeira, no Jardim de Alah, em Salvador. O hotel estava sendo utilizado nos últimos anos pelos integrantes do MSTS que também pertencem a Associação de Catadores de resíduos, com a finalidade de moradia e formação profissional de pessoas sem-teto na área de reciclagem de resíduos.

A luta pelo acesso à moradia tem se tornado cada vez mais forte nestes tempos em que os programas habitacionais de interesse social sofreram desmontes pelo governo Federal. Vivemos num momento histórico em que as pessoas não conseguem mais pagar aluguel por conta do aumento do desemprego e carestia de gás e alimentos no mercado.

Salvador, cidade mais negra do mundo fora de África, tem grande população vivendo em ocupações urbanas e nas periferias, são grupos vulneráveis, em sua maioria mulheres negras, que, historicamente, foram minimizadas em sua existência e “ocupar” foi o resultado da falta de escolhas, são trabalhadores e trabalhadoras que vivem da informalidade.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.