Publicado em 17/09/2020 às 11h34.

Neto diz que prefeitura vai anunciar reabertura das praias na sexta-feira (18)

No entanto, medida será com limitação de dias e horários de funcionamento

Eduardo Dias
Foto: Secom
Foto: Secom

 

O prefeito ACM Neto (DEM) disse na manhã desta quinta-feira (17) que a prefeitura estuda um protocolo de reabertura das praias da cidade para a sexta-feira (18), mas ainda com algumas restrições. Segundo ele, serão limitados dias de funcionamento, horários e algumas atividades que poderão ser praticadas nas areias. A fala ocorreu durante coletiva de imprensa após a entrega da nova sede do Prato Amigo, na região da Polêmica, em Brotas.

“É muito provável que amanhã nós tenhamos alguns anúncios. Estamos em fase de fechamento do protocolo de reabertura das praias. Já disse e vou repetir: esta reabertura será lenta e gradual. Vai começar a acontecer, não vai demorar muito, mas não vamos permitir que ao mesmo tempo voltem todas as praias. Muito provavelmente vamos limitar os dias da semana de funcionamento, os horários e as atividades. Vamos começar a voltar com calma, cautela e prudência”, disse o prefeito, que revelou que terá uma reunião com a equipe técnica de protocolos da prefeitura para avaliar a flexibilização de medidas restritivas nas praias da cidade.

Segundo Neto, quando a prefeitura optou pelo fechamento das praias, foi feito o cadastro de trabalhadores que dependiam diretamente delas para se sustentarem, para que pudessem ser assistidos pela prefeitura.

“Quando nós fizemos o fechamento das praias, incluímos os comerciantes cadastrados no programa Salvador por todos e eles estão recebendo, desde o mês de abril o apoio de R$ 270 por mês por parte da prefeitura. Além disso, muitos ambulantes também foram incluídos no programa de recebimento de cestas básicas. Já fizemos a distribuição de quase 1 milhão de cestas básicas nesse período. Então, a prefeitura sabendo o impacto que a interdição das praias teria na vida dessas pessoas, muitas nas quais perderam, de fato, a sua renda, teve a preocupação de incluir essas pessoas no recebimento no programa Salvador por todos e continuarão até que as prais sejam reabertas”, disse.

Ainda de acordo com o prefeito, ele encaminhou para a Câmara Municipal de Salvador (CMS) um projeto de lei para que fosse aprovado o pagamento do auxílio até o final do ano. “Encaminhei esta semana um projeto de lei para a Câmara Municipal pedindo a autorização para manter esse pagamento até dezembro. Espero que seja aprovado”, completou.