Publicado em 21/09/2020 às 16h35.

Número de notificações por estacionamento em vagas especiais caiu 55% em 2020

De acordo com a Transalvado, a pandemia do novo coronavírus contribuiu para essa queda, já que os shoppings ficaram sem funcionar

Redação
Foto: Bruno Concha/ Secom PMS
Foto: Bruno Concha/ Secom PMS

 

O número de notificações por estacionamento em vagas destinadas a pessoas com deficiência caiu 55% entre janeiro e agosto deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. De acordo com dados da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), 747 condutores foram autuados em 2020, ante os 1.335 de 2019.

De acordo com a autarquia, a pandemia do novo coronavírus contribuiu para essa queda, já que os shoppings ficaram sem funcionar. Em nota à imprensa, o titular da Transalvador, Fabrizzio Muller, explicou que a fiscalização é feita rotineiramente em locais onde são oferecidas vagas especiais, sejam áreas públicas ou privadas.

“Não podemos aceitar o desrespeito ao direito de quem necessita dessas vagas, mesmo em um período delicado de pandemia como esse que vivemos”, destacou.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece multa no valor de R$ 293 e 7 pontos na carteira a quem estacionar de forma irregular em vagas preferenciais, infração considerada gravíssima. Para utilizar as vagas, é preciso ter credenciais específicas à condição – se pessoa com deficiência, idoso ou gestante e lactante. Em 2020, o serviço de emissão das credenciais passou a ser digital, por meio do site www.transalvador.salvador.ba.gov.br.