Publicado em 14/09/2019 às 13h30.

Pelo menos 32 praias estão impróprias para banho neste final de semana no litoral baiano

Farol da Barra, Mar Grande, Vilas do Atlântico e algumas praias do sul baiano estão entre elas

Bianca Rocha
Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

 

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) divulgou boletim na última sexta-feira (13) com uma lista das praias impróprias para banho neste final de semana em Salvador e no litoral da Bahia. A relação aponta que pelo menos 32 praias de Salvador, Baía-de-Todos-os-Santos, Costa do Dendê e Costa do cacau estão impróprias pelo órgão.

De acordo com o Inema, toda semana são coletadas amostras de água para uma análise de balneabilidade em locais onde tem maior concentração de banhistas. Essas amostras são levadas ao laboratório e analisadas por especialistas que apontam se aquela região está imprópria ou não para banho.

Para uma praia ser considerada imprópria, é preciso que mais de 20% das amostras coletadas, em cinco semanas consecutivas, apresentem resultados superiores a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2.500 coliformes termotolerantes ou 2.000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água.

As praias em Salvador que apresentaram esses resultados foram: Tubarão (em frente ao conjunto habitacional, próximo a antiga fábrica de cimento), Periperi (na saída de acesso a praia, após travessia da via férrea), Penha (situada em frente a barraca do Valença), Bogari (em frente ao Colégio da PM (antigo Colégio João Florêncio Gomes), Pedra Furada (atrás do Hospital Sagrada Família, em frente a ladeira que dá acesso a praia), Marina Contorno (entre a Marina e o Restaurante do Amado da Av. Contorno), Farol da Barra (próximo ao Barra Vento e escada de acesso a praia, em frente a Av. Oceânica), Ondina (próximo a escada de acesso à praia, em frente ao posto BR e Hotel Bahia Sol e próximo ao Morro da Sereia em frente ao Ed. Maria José), Rio Vermelho (em frente a Rua Bartolomeu de Gusmão. Próximo a escada de acesso a praia, ao lado da Rua Morro da Paciência), Buracão (em frente as escadarias de acesso a praia), Amaralina (em frente a rua do Balneário e ao Edifício Atlântico), Pituba (em frente a escada de acesso a praia, em frente a Portinox, na Rua Paraíba e atrás da Praça – antigo Clube Português), Armação (em frente ao Hotel Alah Mar e a Rua João Mendes da Costa), Boca do Rio (em frente ao posto Salva Vidas), Corsário (em frente ao Posto Salva Vidas), Patamares (em frente ao posto Salva Vidas Patamares, próximo ao Coliseu do Forró e ao Caranguejo de Sergipe) e Placafor (em frente ao posto Salva Vidas).

Já na Baía-de-Todos-os-Santos temos as praias de Madre de Deus (em frente a Câmara Municipal de Madre de Deus e sob a ponte em Madre de Deus)
Cabuçu (em frente as barracas), Pedras Altas (em frente as barracas de praia), Barra de Tairú (em frente ao Bar e Restaurante Rio do Mar), Coroa (em frente as barracas da praia) e em Mar Grande (em frente à Praça Principal, ao lado do Banco do Brasil).

Na Costa dos Coqueiros, o trecho situado entre a Praia de Paquetá e Leblon, em Vilas do Atlântico está impróprio. Além disso, Buraquinho, a cerca de 200 m da foz do rio Joanes e Busca Vida, em frente a guarita de segurança nº 42 – Lote 42A, também devem ser evitados pelos banhistas.

Na Costa do Dendê, o início da 1ª Praia de Morro de São Paulo deve ser evitado.

Por fim, na Costa do Cacau, as praias do Marciano, próximo ao Bar Litrão, em Malhado, próximo a escultura da sereia, no Cristo, próximo a Barraca Point Conde Badaró, em frente as barracas, acesso Km 0, em direção ao Aeroporto de Ilhéus, no Sul e no Opaba, próximo a barraca Brilho do Luau, estão impróprias.

 

PUBLICIDADE