Publicado em 13/06/2016 às 20h20.

Polícia Civil investiga briga entre agente de trânsito e PM

Oficial teve a arma apreendida após efetuar disparo durante a confusão ocorrida na noite de domingo (12)

Redação
Foto: Pedro Moraes/GOVBA
Foto: Pedro Moraes/GOVBA

A Polícia Civil apura nesta segunda-feira (13) o que teria motivado a confusão entre um agente da Superintendência de Trânsito e Transportes de Salvador (Transalvador) e um oficial da Polícia Militar (PM) no bairro dos Barris, na noite deste domingo (12).

Segundo a PM, o capitão Jacinto Marciano de Brito teve a arma apreendida pelo delegado plantonista da Central de Flagrantes após prestar depoimento. Ele teria efetuado um disparo para cima durante a briga.

A Transalvador afirmou em nota à imprensa que o servidor José L. Santos foi ofendido e ameaçado com uma arma de fogo. O órgão de trânsito elogiou a postura dos policiais do 18° Batalhão que foram convocados para acalmar os ânimos e conduziram os envolvidos para esclarecimentos na unidade policial localizada na Avenida Antonio Carlos Magalhães.

Os dois foram liberados após serem ouvidos pelo delegado.