Publicado em 25/01/2016 às 14h16.

Policial militar reformado confessa morte de jovem no Pelourinho

Paulo Ferreira se apresenta à polícia e diz que crime foi motivado por uma discussão. Autor teria flagrado vítima mexendo em sua motocicleta e não gostou

Redação
Foto: Max Haack/Agecom
Foto: Max Haack/Agecom

 

A polícia já identificou o autor da morte de George de Oliveira, de 25 anos, neste domingo (24), no Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador: trata-se do PM reformado Paulo Ferreira, que se apresentou na manhã desta segunda-feira (25).

De acordo com o autor, o crime aconteceu por “legítima defesa” em meio a uma discussão com a vítima, que teria sido flagrada mexendo em sua motocicleta. Ferreira o interpelou, o que teria dado origem à troca de ofensas. O policial reformado estava armado e disparou contra o jovem.

Depois de se apresentar em uma unidade da PM-BA, Ferreira foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro da Pituba. A arma utilizada no crime foi entregue e será submetida à perícia no Departamento de Polícia Técnica. O autor vai responder em liberdade.

Segundo informações da Superintendência de Telecomunicações da Secretaria de Segurança Pública, George morava na Rua Barão Vila da Barra, uma transversal da Ladeira da Soledade, no bairro da Lapinha.

PUBLICIDADE