Publicado em 09/09/2019 às 18h00.

PPP de iluminação pública de Salvador é apresentada em audiência

Na ocasião, foram apresentadas as especificações do edital e as resoluções dos 134 questionamentos feitos durante a fase de consulta pública

Redação
Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

 

Com o objetivo de analisar a implantação do Projeto de Parceria Público-Privada (PPP) para a iluminação de Salvador, representantes da Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (Dsip), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), se reuniram na manhã desta segunda-feira (09) com membros da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), no Parque Social, sediado no Parque da Cidade.

Na ocasião, foram apresentadas as especificações do edital e as resoluções dos 134 questionamentos feitos durante a fase de consulta pública.

O objetivo é que o projeto seja o responsável pela modernização de toda a iluminação na cidade, em um prazo de 20 anos. Com a aprovação, será feita a implantação de telegestão e do Centro de Controle Operacional (CCO), serviço dedicado de atendimento ao cidadão. O investimento é superior a ordem de R$ 1 bilhão, o que inclui a modernização com iluminação em LED.

“Ou seja, teremos um projeto de fato inovador que vai mudar a cara da cidade. A PPP de iluminação é um mecanismo de contratação já existente no Brasil e que tem várias capitais que assinaram contrato. Queremos poder estar assinando também e garantir esse avanço no prazo de três anos. Coisa que levávamos de 10 a 12 anos para modernizar, com a PPP nós vamos levar três anos”, avalia o diretor de Iluminação Pública, Junior Magalhães.

Ele também afirma que, além da troca de toda iluminação, o município vai ser beneficiado com a redução de consumo em até 50%.

“Hoje, nós temos a conta de consumo na casa de R$ 45 milhões por ano. Ao final do terceiro ano, nós teremos essa conta reduzida para R$ 22 milhões. O município ganha financeiramente, ganha com qualidade de vida e a população ganha com mais luminosidade e mais sensação de segurança na cidade.

PUBLICIDADE