Publicado em 10/12/2021 às 10h33.

Prefeitura inicia capacitação de mais 100 desenvolvedores digitais

A iniciativa é desenvolvida pela Prefeitura, através da Secretaria de Inovação e Tecnologia (Semit)

Redação
Foto: Edgardigital/UFBA
Foto: Edgardigital/UFBA

 

O Programa + Conhecimento e Inovação Social iniciou mais um curso de formação de Desenvolvedores na capital baiana. O treinamento, iniciado na última segunda (6), segue até o dia 17 de dezembro, de forma presencial e remota, das 8h às 12h, no auditório do Hub Salvador. Durante a capacitação, 100 inscritos aprendem a desenvolver sistemas web e aplicativos, utilizando a ferramenta No-Code.

A iniciativa é desenvolvida pela Prefeitura, através da Secretaria de Inovação e Tecnologia (Semit), e em parceria com o Hub e a Softwell Solutions. Esta é a terceira edição do curso, que tem o objetivo de gerar emprego e renda no segmento de tecnologia e oportunizar jovens baianos a ingressarem no mercado de trabalho de forma imediata.

Nas duas edições anteriores, foram capacitados 392 profissionais. Na primeira turma, 50% dos participantes foram contratados. A segunda capacitação foi composta por servidores municipais, que utilizam a ferramenta. 

As atividades envolvem um treinamento exclusivo em uma ferramenta No-Code desenvolvido pela Softwell Solutions. O curso possibilita o desenvolvimento de soluções tecnológicas por meio de uma interface dinâmica e customizada para Web e mobile.

“A tecnologia No-code é uma ferramenta que tem sido bastante utilizada em empresas do mundo inteiro. É a principal tendência em tecnologia nos próximos quatro anos. Existe uma previsão que até 2025, 70% das aplicações do mundo serão feitas utilizando a plataforma. Então, é o momento ideal para capacitar e formar profissionais na área, justamente para que a tecnologia seja utilizada de forma ampla. O grande diferencial da ferramenta é que não é necessário ser um programador especialista para utilizá-la, se a pessoa tiver o conhecimento é possível realizar soluções web e mobile”, explicou o gerente executivo da Softwell Solution, Adriano Barbosa.

O conteúdo programático do curso contém ainda informações sobre instalação e configuração, criação de projetos, criação de fluxos, depuração e análise de regras, versionamento de sistemas, depuração e modo gerente, Gráficos e Dashboards, relatórios, publicação, dentre outros assuntos.  Ao final da jornada de aprendizado, os participantes apresentam um projeto final.

Expectativa – Motivação e foco são os principais diferenciais para que o participante possa se destacar e garantir uma vaga de emprego em empresas que utilizam a ferramenta. O analista de sistemas Bruno Roberto Ficha, de 45 anos, disse que o curso molda o profissional conforme as necessidades atuais do mercado. “É uma capacitação importante para os profissionais da área, como forma de reciclagem. Os instrutores sabem o que as empresas estão buscando hoje em dia e conduzem o curso de forma a sairmos preparados. As expectativas são as melhores possíveis.”

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.