Publicado em 30/10/2020 às 11h18.

Prefeitura também dará férias a professores e funcionários da rede pública em novembro

ACM Neto afirmou que estuda disponibilizar 100% da frota de ônibus em todos os horários a depender da adesão ao retorno das faculdades

Eduardo Dias / Matheus Morais
Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

 

Assim como fez o governo do Estado, o prefeito ACM Neto (DEM) anunciou em coletiva na manhã desta sexta-feira (30) que dará férias coletivas aos professores e funcionários da educação de Salvador a partir do mês de novembro, já que o protocolo de retomada das atividades escolares por enquanto não incluem o ensino fundamental e educação infantil.

“Assim como fez o Estado, nós decidimos que vamos dar férias coletivas para os nossos profissionais da educação no mês de novmebro. Portanto, estamos colocando os professores e os funcionários das nossas escolas em férias. Porque está claro, no caso da prefeitura, já que somos provedores do ensino fundamental e da educação infantil, e não há perspectiva do retorno dessas atividades em novembro, estamos antecipando as férias para novmebro. A depender de como as coisas avancem, depois do retorno das férias, a partir de dezembro, pode ser que a gente já tenha condições de ir retomando as coias”, explicou Neto.

O prefeito disse ainda que, como anunciado na semana passada, que a prefeitura retornaria com a utilização de 100% da frota de ônibus na cidade, a partir de agora, a depender do fluxo de estudantes com retorno das atitivdades nas universiades, a prefeitura poderá colocar 100% da frota disponível em todos os horários.

“A depender do volume do retorno às faculdades, nós poderemos chegar ainda no mês de novembro de 100% da frota em todos os horrários na cidade. Nós vamos acompanhar e monitorar. Se a gente perceber que o volume desse retono do ensino superior foi muito grande, nós vamos chegar a 100% da frota, pois essa decisão está vinculada exatamente à demanda”, completou.