Publicado em 17/05/2022 às 16h45.

Professores da rede municipal podem decretar greve a partir de quinta

Categoria reivindica reajuste salarial de 33,24%

Redação
Foto: Divulgação/APLB Sindicato
Foto: Divulgação/APLB Sindicato

 

Em assembleia realizada nesta segunda-feira (16), os professores da Rede Municipal de Ensino de Salvador rejeitaram a proposta de reajuste salarial apresentada pelo Executivo municipal de 6% e duas referências para julho e setembro. A categoria reivindica o índice de reajuste de 33,24%.

Sobre os rumos do movimento, os professores vão realizar uma assembleia nesta quinta-feira (19), às 9h, em frente à Prefeitura de Salvador, como prevê a lei.

Para esta quarta-feira (18), está prevista uma reunião entre os professores com os responsáveis pelos alunos discutir os motivos da greve.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.