Publicado em 28/05/2016 às 11h20.

Requalificação da orla em Ondina está prevista para agosto

"Não vamos derrubar nenhuma árvore", promete a presidente da FMLF, Tania Scofield

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Depois de Barra, Rio Vermelho e Itapuã, as obras na orla de Salvador chegam à Ondina. Uma ciclovia em balanço, que avança dois metros por sobre a areia, e uma alteração no tráfego de veículos na Avenida Oceânica são as principais mudanças previstas na requalificação, cujas obras estão programadas para começar em agosto.

Segundo a Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), órgão da prefeitura de Salvador, até o momento não há sinal de que as mudanças no governo federal atrasem o cronograma das obras. “Não vamos derrubar nenhuma árvore”, promete a presidente da FMLF, Tania Scofield.

O projeto prevê a mudança no tráfego na pista em frente aos hotéis Othon, Atlantic Towers e o antigo Salvador Praia Hotel, que se tornaria mão única no sentido Barra-Rio Vermelho. O motorista que segue em direção à Barra será deslocado para a via interna, em frente à Escola Dorilândia.