Publicado em 08/12/2016 às 19h40.

Suspeito de matar soldado na Paralela é morto pela PM

De acordo com a SSP-BA, Maurício Souza, o "Nenego" , foi alvejado durante suposta troca de tiros com policiais militares

Redação
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

 

Um homem suspeito de matar o soldado do Batalhão de Choque da Polícia Militar Márcio Pereira dos Santos, na última terça-feira (6), foi baleado e morto nesta quinta-feira (8). A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informa que Maurício Santos Souza, conhecido como Nenego, foi alvejado durante um confronto com policiais militares na localidade do Bate Facho, na Boca do Rio, em Salvador.

Com Maurício, a polícia diz ter encontrado um revólver calibre 38, que pode ter sido usado para matar o soldado PM. Segundo o coordenador da força-tarefa da SSP que investiga morte de policiais, delegado Odair Carneiro, o auto de resistência será lavrado e os integrantes das guarnições envolvidas no alegado confronto serão ouvidas.

Caso   O soldado Márcio foi baleado nas costas e morreu em um ponto de ônibus da Avenida Paralela, próximo ao estádio de Pituaçu, em Salvador. Ele estava de folga no momento do crime.

Segundo a PM, a vítima transitava pelo local quando avistou dois assaltantes que tentavam roubar uma pessoa. Ao tentar impedir o crime, o soldado foi surpreendido por um terceiro bandido que efetuou disparos contra ele.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.