Publicado em 22/11/2019 às 13h46.

Trilha ecológica gratuita movimenta o Parque São Bartolomeu neste domingo

Considerada uma das maiores reservas de Mata Atlântica em área urbana do Brasil, o parque integra a Área de Proteção Ambiental (APA) Bacia do Cobre

Redação
Foto: Divulgação/Clube Press
Foto: Divulgação/Clube Press

 

O Parque São Bartolomeu, que fica no subúrbio de Salvador, promoverá, neste domingo (24), mais uma edição da Trilha Ecológica – APA Bacia do Cobre/São Bartolomeu.  A programação gratuita inclui aulas de zumba, ioga, danças sagradas e xamânticas e passeio guiado a cavalo,. As atividades terão inicio a partir das 7h o o ponto de concentração será no Centro de Referência, na entrada do parque.

Considerada uma das maiores reservas de Mata Atlântica em área urbana do Brasil, o parque integra a Área de Proteção Ambiental (APA) Bacia do Cobre e é tem características urbanas e rurais. Historicamente, a localidade é considerada sagrada para as religiões de matriz africana. Por causa da memória ancestral, os principais pontos foram batizados com nomes de orixás: praça e cachoeira de Oxum, cachoeira de Oxumaré, escada dos Escravos e a cascata de Nanã.

A trilha tem início no Centro de Referência, com acesso pela Avenida Afrânio Peixoto, na Suburbana, onde alguns voluntários orientam sobre o passeio. Com pouco mais de dois quilômetros, a trilha é finalizada na Barragem do Cobre, local que, no passado, era responsável por distribuir água para os bairros do subúrbio de Salvador. No trajeto, o visitante pode conferir uma das vistas mais bonitas do passeio, que é a queda d’água do Rio do Cobre, onde os mais corajosos arriscam uma descida de rapel. Ao final, o visitante é contemplado com a visão do rio, que se estende até a Lagoa da Paixão, entre Fazenda Coutos e Nova Brasília de Valéria.

As atividades no Parque São Bartolomeu ocorrem desde de setembro de 2017, de forma bimestral, e envolve conselheiros da APA Bacia do Cobre/São Bartolomeu, com o apoio de representantes do grupo de pesquisa Desenvolvimento, Sociedade e Natureza (DSN), da UCSal, Cata Bahia, Grupo Ambientalista da Bahia (Gambá), Instituto Búzio e membros da comunidade, além do apoio do 9° e 14° Comando da Policia Militar e da Companhia da Polícia de Proteção Ambiental (Coppa).

SERVIÇO
Trilha Ecológica – APA Bacia do Cobre/São Bartolomeu
Quando: 24/11, a partir das 7 horas
Como chegar: Entrada 1: Rua São Bartolomeu, s/n – São João do Cabrito, Salvador;
Entrada 2: Rua 24 de Agosto, s/n – Pirajá, Salvador-BA, através do Centro de Cultura e Cidadania Pirajá
Informações: (71) 3401-0245
Facebook: www.facebook.com/guardioescobre/

 

PUBLICIDADE