Publicado em 10/09/2019 às 15h30.

ACM Neto assina termo de convênios para tratamento de doenças raras

Prefeitura vai intermediar atendimento aos pacientes nas proximidades de suas respectivas residências

Redação

Foto: Secom Salvador                                                                       Foto: Secom Salvador

Prefeitura de Salvador assinará termo de convênios com diversas instituições filantrópicas para o atendimento, via Sistema Único de Saúde (SUS), de portadores de doenças raras, nesta quarta-feira (10), no Palácio Thomé de Souza. A assinatura ocorre após abertura de chamamento público para a contratação de entidades como APAE, Instituto Bahiano de Reabilitação (IBR), Núcleo de Atendimento à Criança com Paralisia Cerebral e Nzinga.
As três primeiras serão habilitadas como Centros Especializados em Reabilitação, devendo garantir o acesso inclusive aos pacientes diagnosticados com autismo e crianças que necessitem de abordagem de intervenção precoce para se desenvolverem. Além disso, a APAE passa se apresentar como serviço de referência em doenças raras. O Nzinga, por sua vez, funcionará como Centro de Atenção Psicossocial.
O convênios vai facilitar o atendimento de pacientes com doenças raras mais próximo de casa, sobretudo na região do Subúrbio Ferroviário, que tem recebido atenção prioritária da Prefeitura.

PUBLICIDADE