Publicado em 01/12/2020 às 14h00.

Brasil tem primeira redução de casos notificados de HIV em dez anos

Em 2019 foram notificados 41.919 novos casos de infecção, ante os 45.078 registrados em 2018; 920 mil brasileiros vivem com o vírus

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Dados apresentados pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (1º) indicam que, pela primeira vez em uma década, caiu o número de casos de HIV notificados no Brasil. No ano passado, foram notificados 41.919 novos casos de infecção, ante os 45.078 registrados em 2018.

A redução é de 7%, numa sequência de crescimento anual desde 2009. Atualmente, o país possui 920 mil brasileiros com o vírus.

Apesar do volume de pessoas, o ministério estima que 100 mil pessoas ainda não sabem que têm HIV. Diante disso, a pasta lança também a campanha de prevenção contra HIV/Aids, com tema “previna-se, faça o teste; se der positivo, comece o tratamento”.

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, o índice de mortalidade também segue tendência decrescente, atingindo os menores níveis para a década. Em 2009, o índice de mortalidade era 5,8 por 100 mil habitantes. No ano passado, o índice foi 4,1.

“Essa redução se deu muito claramente pela testagem precoce e pela disponibilidade e a oferta contínua [de medicamentos] para todos os pacientes diagnosticados”, avaliou Arnaldo Medeiros, secretário de Vigilância em Saúde.

A concentração de casos de Aids está entre jovens de 25 a 39 anos, sendo em números absolutos 492,8 mil pessoas infectadas nessa faixa etária. Desse total, 52,4% são do sexo masculino e 48,4%, do sexo feminino.